Prefeito assina decreto de emergência devido à paralisação nacional dos caminhoneiros

O prefeito de Flores, Marconi Santana assinou neste domingo (27), sétimo dia de paralisação do setor de transporte rodoviário nacional, Decreto Situação de Emergência.

A medida permite que a prefeitura faça compra de combustível, medicamentos, insumos hospitalares, bem como alimentos e gás a fornecedores que não estejam cadastrados como licitados na administração pública municipal, quando estes não puderem fornecer o material necessário, a tempo e modo.

Por tanto ficou decretada situação de emergência pública no Município de Flores/PE por um período de 60 (sessenta) dias, podendo este prazo ser prorrogado por igual período.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *